Portabilidade Botafogo Celular

A portabilidade é a possibilidade do cliente trocar de operadora mantendo o mesmo número.

A duração do processo de portabilidade é de até 5 dias úteis, contados a partir da solicitação. O cancelamento do processo de portabilidade pode ser solicitado em até 24h a partir da solicitação.

Durante o período de transição, para a mudança de uma operadora para outra, o telefone poderá não funcionar por, no máximo, 2 horas.

Não é possível fazer a portabilidade entre DDD's diferentes.

Não. A portabilidade será possível somente dentro da área de mesmo DDD.

O CPF/CNPJ devem estar em nome do titular da linha a ser portada, e o número a ser portado tem que estar ativo na operadora de origem.

Sim. Na telefonia móvel, a portabilidade será possível mesmo em distintas modalidades de serviços, desde que realizada dentro da área de mesmo DDD.

O usuário que solicitou a portabilidade pagará normalmente os serviços já utilizados na sua antiga operadora.

Sim, em até 2 dias úteis a partir da solicitação.

Sim. Embora seja um direito do usuário e um dever das operadoras, o pedido de portabilidade pode ser recusado nas seguintes situações:

  • Quando os dados enviados pelo usuário estiverem incorretos ou incompletos;
  • Se houver em andamento outra solicitação de portabilidade para o mesmo número;
  • Se o número do telefone for inexistente, não pertencer a nenhum cliente, for temporário ou for designado a um orelhão;
  • Se o número do telefone for de uma operadora fixa e a portabilidade for para uma operadora móvel e vice-versa.

  • Vale ressaltar que a portabilidade pode não ser possível por razões técnicas, por exemplo: se a operadora de destino (receptora) não tiver serviço na área solicitada ou se tratar de Serviço Móvel Especializado (SME).

A portabilidade deve ser solicitada diretamente à operadora para qual o usuário deseja migrar.

Sim. No entanto continuará responsável pelas condições acordadas na aquisição e poderá ser cobrado pela portabilidade a cada migração.

A portabilidade não altera as disposições contratuais firmadas com a operadora atual. A portabilidade de uma operadora para outra implica na rescisão contratual com a primeira. Assim, caso esteja prevista alguma multa por quebra do contrato, essa multa será quitada.

Sim. No entanto, fica a cargo do cliente a aquisição do aparelho compatível com a tecnologia da operadora de destino (receptora).

Não. Com a portabilidade, o usuário estará submetido às condições dos planos de serviços ofertados pela nova operadora. O contrato com a operadora antiga será rescindido.

Sim. Os demais serviços do plano podem ser mantidos, mas as condições deverão ser verificadas junto à respectiva operadora antes da realização da portabilidade.

Poderá haver um período de transição de, no máximo, 2 horas, para a mudança de uma operadora para outra.

Basta entrar em contato com a operadora (por meio do site ou Central de Atendimento) para saber se o número desejado está na mesma rede.